Hospital

hospital / noticias / noticia

Cirurgião, referência nacional em hérnia, realiza procedimentos no HBU

Publicado 14/06/2017 ás 10h08


O HBU (Hospital Beneficente Unimar) recebeu, na última semana, a visita do médico André Luiz Moreira da Rosa, do Hernia Center, de Porto Alegre (RS), especializado em cirurgia de hérnias. Ele realizou procedimentos cirúrgicos de tratamento de hérnia inguinal, como forma de demonstrar aos profissionais da instituição e aos alunos uma técnica que permite maior rapidez no processo operatório, facilidade e pouco desconforto aos pacientes.

Ele explica que são usados procedimentos pouco invasivos, com a inserção de telas tridimensionais com mini incisão e de baixíssima agressão cirúrgica. O uso de telas modernas, parcialmente absorvíveis e com baixa densidade, faz a integração mais rápida destes dispositivos aumentar a qualidade dos reparos.

Rosa explica ainda que os dispositivos tridimensionais inseridos por mini incisão definem o sistema cirúrgico mais adequado às metas de resultado, combinando várias vantagens de sistemas cirúrgicos que o antecederam. “Elas permitem rápido retorno às atividades normais e podem ser aplicados com anestesia local em regime ambulatorial, sem a necessidade de internação”, relatou.

O médico destaca que a técnica não é nova e já é aplicada no Hérnia Center de Porto Alegre (RS) há quase 15 anos. Porém, ela é adaptada de conceitos que foram desenvolvidos nos Estados Unidos, inicialmente em um centro localizado em Miami, neste sistema que usa as telas tridimensionais e anestesia local e sedação. “O que acontece é que, paralelamente, se desenvolve outros tipos de técnicas, mas sem os resultados desta que estamos apresentando ao Hospital Beneficente Unimar. Principalmente no que diz respeito a sua versatilidade”, ressaltou.

Essa versatilidade se deve a forma com que é feito o procedimento, apesar da tecnologia embarcada, específica dentro do procedimento, referente ao tipo de anestésico que é usado, a forma como a sedação é feita, a própria tela tridimensional, que tem uma peculiaridade de desenho, é uma tecnologia fácil de se desenvolver em qualquer lugar. “Qualquer hospital, no interior do Brasil, tem condições de aplicar essa técnica e promover um atendimento mais eficiente, com menos desgaste aos pacientes. Essa versatilidade e reprodutividade exerce um papel importante no sentido de melhorar os resultados às correções de hérnia inguinal no Brasil”, apontou.

Conforme o médico, a incidência de casos de hérnia de parede abdominal, que são as hérnias inguinais, atinge cerca de 3% ou 4% da população que tem esse tipo de problema. “Estima-se que são feitas 350 mil cirurgias de hérnia inguinal por ano no Brasil. É um número considerável. Já nos Estados Unidos esse número oscila entre 700 e 800 mil casos ao ano. É a cirurgia mais feita em homens no mundo, devido a incidência e a facilidade de se fazer o procedimento. São feitas cirurgias em locais com mais ou menos estrutura, sem problema algum”, relatou.

Para o médico gastroenterologista Samuel Azenha Gregorio, do HBU, o intercâmbio com o médico André Rosa, do Hérnia Center, é de fundamental importância para a troca de conhecimento. “Você poder contar com um profissional que, generosamente, vem dividir o conhecimento e a experiência de uma técnica não tão nova mas extremamente refinada, que traz excelentes resultados, com custo relativamente baixo”, disse.

Conforme Gregorio, a iniciativa do Hospital Beneficente Unimar de incentivar e apoiar esse tipo de intercâmbio, é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do hospital e da região.

O médico destacou ainda que o desenvolvimento dessa técnica na instituição vai garantir um melhor atendimento aos pacientes de Marília e de toda a região, reafirmando a sua qualificação como referência regional nessa especialidade. “Ela proporciona você atender de forma eficiente e com custo relativamente baixo tanto os pacientes da iniciativa privada quanto os da rede SUS (Serviço Único de Saúde)”, relatou.

O QUE É /A hérnia é um defeito ou um orifício nos músculos do abdome que permite que o intestino ou uma porção de gordura protrua (passe) através dele. Ainda que hérnias possam ocorrer em muitos lugares no corpo humano, elas são mais comuns na parede abdominal.

O sinal mais comum é o abaulamento ou inchaço no abdome, mais frequentemente na virilha, região umbilical ou junto a cicatrizes. Percebe-se na área da hérnia a protrusão de um conteúdo intra-abdominal que fica represado apenas pela pele. Dor e ardência na área afetada são sintomas comuns. As hérnias não desaparecem sozinhas e a única forma de curá-las é a cirurgia.


Curta / Siga-nos / Assine
  • Coipe esse link para o seu leitor de RSS

Rua: Dr. Próspero Cecílio Coimbra, 80 - Jardim São Gabriel (Cidade Universitária) - Marília - SP, CEP: 17525-160 - mais informações sobre localização

Fone: (14) 2105-4500


Hospital Beneficente Unimar