Hospital

hospital / noticias / noticia

IV Prêmio República

Publicado 13/05/2016 ás 11h57


O Projeto Amor de Criança, mantido pela Universidade de Marília, Hospital Beneficente Unimar e Universidade Estadual Paulista (Unesp) e que conta com a participação da Prefeitura Municipal e do Ministério Público Federal, foi o grande vencedor do IV Prêmio República de Valorização do MPF na categoria Constitucional e Infraconstitucional.

O resultado que premiou 11 iniciativas, inclusive a Força Tarefa Lava Jato, e outras quatro com menção honrosa foi revelado em cerimônia realizada na última terça-feira, 10, no auditório da Associação Médica de Brasília, em Brasília (DF). No total, 81 projetos de todo o Brasil foram inscritos. O encontro contou com a presença de autoridades, procuradores da República, jornalistas e instituições de responsabilidade social, além de uma grande comitiva da cidade de Marília.

Inscrito pelo procurador da República e Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Unimar, Dr. Jefferson Aparecido Dias, o Projeto assiste 80 crianças com diagnóstico de encefalopatia crônica infantil não progressiva, mais conhecida como paralisia cerebral, que necessitam de uma série de cuidados multidisciplinares. O Projeto conta com o suporte do Ministério Público Federal para a adoção de medidas extrajudiciais e judiciais com o objetivo de garantir o atendimento prioritário às crianças e adolescentes no Sistema Único de Saúde (SUS).

Para acompanhar a premiação ao lado do procurador, foram à capital federal o Reitor, Dr. Márcio Mesquita Serva, a vice-reitora, Regina Lucia Ottaiano Losasso Serva, a Pró-Reitora de Ação Comunitária, Fernanda Mesquita Serva, a Superintendente do Hospital Beneficente Unimar, Márcia Mesquita Serva Reis, o prefeito municipal, Vinícius Camarinha, e o coordenador do Projeto, Dr. Francisco de Agostinho Júnior, acompanhado de sua esposa, a docente Marcela Beneditti de Agostinho.

A categoria Constitucional e Infraconstitucional foi a primeira a anunciar o vencedor. Após muita comemoração, toda a equipe subiu ao palco para receber o troféu. “Além da atuação dos profissionais de saúde, que atendem as crianças duas vezes por mês, em ambulatório da Universidade, há um esforço para identificar as necessidades de atuação do MPF visando garantir os direitos dos pacientes e familiares. Essa premiação nos mostra que estamos no caminho certo”, agradeceu Dias. Segundo ele, há o desafio de replicar o trabalho para várias partes do país. “Infelizmente nós sabemos que teremos demanda, principalmente por conta do aumento dos casos de microcefalia”, explica.

Bastante emocionado, o coordenador do Projeto Amor de Criança assumiu que foi difícil conter as lágrimas. “Estou muito feliz e orgulhoso com esse reconhecimento nacional pelo nosso Projeto. Só consigo pensar na minha família e em cada criança que através do nosso trabalho tem a oportunidade de viver um pouco melhor, de forma mais digna. Agradeço a todos os profissionais e voluntários que fizeram o Projeto alcançar mais esse objetivo”, comenta.

Para o Reitor da Unimar, Dr. Márcio Mesquita Serva, a premiação promovida pela Associação Nacional dos Procuradores da República é uma importante forma de exaltar as iniciativas positivas do MPF e parceiros. “Os cidadãos brasileiros precisam conhecer os bons projetos desenvolvidos no país, assim como o Amor de Criança que beneficia 80 pequeninos e seus familiares. Estou realmente orgulhoso de subir ao palco com profissionais que fazem um Brasil melhor a cada dia, inclusive os procuradores envolvidos na Operação Lava Jato”, conta.

O presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti, destacou que o Prêmio República comemora a qualidade dos trabalhos desempenhados pelos membros do MPF em prol da sociedade. “A premiação celebra a qualidade e a parceria entre MPF e sociedade civil. É vitoriosa por sua existência e qualidade”, afirmou Robalinho.

Nicolao Dino, vice-procurador-geral Eleitoral e representante do procurador-geral da República na solenidade, lembrou a importância de reconhecer e compartilhar as práticas. “O República é uma janela para mostrar à sociedade o que o MPF faz em seu benefício”, disse. Dino ressaltou o papel da ANPR nesta interlocução.

Outro ponto alto da solenidade deu-se com o anúncio da categoria de Combate à Corrupção. A Operação Lava Jato recebeu prêmio especial, com o título hors concours. O coordenador da força tarefa, o procurador da República Deltan Dallagnol, representou o grupo. “Somos representantes do MPF, de órgãos públicos, mas acima disso somos representantes da nossa chefe e líder suprema: a sociedade, que convocou o MPF no combate à corrupção”, afirmou. Ele ressaltou ainda o alto nível dos trabalhos concorrentes.


Curta / Siga-nos / Assine
  • Coipe esse link para o seu leitor de RSS

Rua: Dr. Próspero Cecílio Coimbra, 80 - Jardim São Gabriel (Cidade Universitária) - Marília - SP, CEP: 17525-160 - mais informações sobre localização

Fone: (14) 2105-4500