Hospital

hospital / noticias / noticia

HBU realiza palestra sobre câncer de próstata

Publicado 05/12/2015 ás 12h43


O palestrante foi o urologista e diretor clínico do hospital, Dr. José Pedro Novaretti

Na terça-feira (01/12), o Hospital Beneficente Unimar (HBU) promoveu uma palestra com o médico urologista José Pedro Novaretti sobre a importância da prevenção e detecção precoce do câncer de próstata. O evento, organizado pela SESMT, foi a última ação realizada pela instituição para celebrar o Novembro Azul. Durante as quatro semanas de campanha, os prédios do HBU ficaram iluminados com luzes azuis durante a noite e os colaboradores receberam e usaram os laços azuis para promover a data.

A campanha nacional do Novembro Azul foi lançada em 2012 pelo Instituto Lado a Lado. A conscientização a respeito dos exames de detecção da doença soma importância a cada ano com o alto índice de incidência na doença em homens no país e no mundo. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são estimados 61.200 novos casos em 2016. Isso, somado ao fato de que esse já é um dos tipos de câncer mais incidentes nos homens, expressa o quão fundamental é trabalhar para convencer homens, principalmente acima dos 50 anos, a realizarem exames anuais.

No palestra ministrada pelo Dr. Novaretti, os colaboradores do HBU tiveram a oportunidade de entender não apenas a importância da detecção precoce, mas detalhes a respeito da doença que ajudam a entendê-la. O palestrante falou não só sobre o câncer, mas também sobre a hiperplasia da próstata, doença benigna incidente em quase 100% dos homens de alta idade que é facilmente tratada com remédios, acompanhamento e, em uma minoria de casos, cirurgia.

Já no caso do câncer, os dados de incidência mostram uma realidade diferente. Segundo Novaretti, os riscos de presença do tumor são maiores em homens acima de 50 anos, e nesse caso o risco de morte pela doença diminui. Já no caso de homens mais jovens, o câncer pode ser mais fatal, embora a incidência seja muito mais rara. "A gente ouve falar muito sobre câncer de próstata hoje porque ele é o mais frequente no homem, atualmente, no Brasil", explica o médico.

O exame de sangue que dosa o PSA (considerado normal até a marca de 4ng/ml) é uma das formas de se acompanhar a saúde e detectar esse tipo de câncer, mas é altamente recomendado que homens com mais de 50 anos façam também o exame de toque retal anualmente. Para aqueles que já têm histórico da doença na família, o exame é recomendado a partir do 45 anos. É importante lembrar também que o exame de toque é considerado mais eficaz. "O câncer de próstata, quando ainda no começo, não é um tipo de câncer muito fatal. Quando é encontrado ainda somente na próstata, a chance de cura é de 90%. O problema é que é uma doença assintomática, o que faz com que muitas vezes ele só seja descoberto no estado de metástase", alerta Novaretti.


Curta / Siga-nos / Assine
  • Coipe esse link para o seu leitor de RSS

Rua: Dr. Próspero Cecílio Coimbra, 80 - Jardim São Gabriel (Cidade Universitária) - Marília - SP, CEP: 17525-160 - mais informações sobre localização

Fone: (14) 2105-4500