Hospital

hospital / noticias / noticia

Programa Mais Saúde do Hospital ABHU com obesos

Publicado 28/11/2013 ás 11h00


A Associação Beneficente do Hospital Universitário (ABHU) da cidade de Marília está desenvolvendo um programa junto a comunidade local, denominado de “Mais Saúde”, voltado exclusivamente para pessoas obesas, com acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, duas vezes por semana, há três anos, com resultados positivos. “É mais uma de nossas ações sociais que desenvolvemos na cidade gratuitamente”, apontou a superintendente da ABHU, Márcia Mesquita Serva Reis. “Um trabalho que vem conseguindo excelentes resultados práticos e crescendo diante da grande demanda”, comentou a dirigente que considera importante esse tipo de ação voltada para a comunidade mariliense. “É um trabalho exaustivo de reeducação alimentar que poucos conseguem”, admitiu a administradora do hospital.

A nutricionista Juliana Cassia Cano, do Departamento de Nutrição da ABHU, está no hospital há nove anos, e nos últimos três vem atuando junto com outros três profissionais: uma psicóloga, Elaine C. de S. Cordeiro, um professor de educação física, Eduardo Federighi Baisi Chagas e um farmacêutico, Ricardo de Araujo Oliveira, no sentido de assessorar um grupo de 20 pessoas que se reúne duas vezes na semana, em encontros com duração de três horas cada, no Bloco 09 da Universidade de Marília, na Sala do Departamento de Recursos Humanos. “Este programa começou no Ambulatório de Medicina Especializada (Ame) do Sistema Único de Saúde (Sus), em pleno desenvolvimento na ABHU”, recordou a nutricionista que recebe os interessados que anteriormente são avaliados por um médico cardiologista e um clínico geral que encaminham as pessoas para o “Programa Mais Saúde da ABHU”. “Começamos com poucas pessoas, mas hoje temos 20 pessoas assíduas”, disse Juliana Cassia Cano ao lembrar que o programa não proíbe nada e nem desenvolve dietas. “Fazemos um trabalho de conscientização e de educação alimentar”, explicou ao dizer que a ansiedade é um dos principais adversários do obeso. “Proibição e Obrigação causam ansiedade”, afirmou.

Outro ponto trabalhado pela equipe multidisciplinar da ABHU é a família. “Pesquisas e, é fácil notar, apontam que a família influencia muito neste processo de reeducação alimentar”, disse a especialista que trouxe o programa do setor privado onde trabalhava anteriormente. “Melhoramos o programa e possivelmente em 2014 será aberto aos funcionários do hospital”, disse Juliana Cassia Cano que vem conversando com a direção da ABHU para o desenvolvimento do trabalho junto aos 468 funcionários da instituição de saúde. “Existe uma preocupação generalizada quanto a obesidade”, afirmou a nutricionista responsável, inclusive, pelo cardápio do hospital em geral. “Temos um padrão a seguir, quanto a alimentação dos pacientes, no entanto, sendo necessário dá pra mudar”, falou ao lembrar da variedade existente nas refeições oferecidas aos pacientes de um modo geral.


Curta / Siga-nos / Assine
  • Coipe esse link para o seu leitor de RSS

Rua: Dr. Próspero Cecílio Coimbra, 80 - Jardim São Gabriel (Cidade Universitária) - Marília - SP, CEP: 17525-160 - mais informações sobre localização

Fone: (14) 2105-4500